A minha história é a seguinte: Estou num namoro há 5 anos, sem nenhum grande problema, só aquelas briguinhas normais, nunca houve traição nem desconfiança. O único negativo que tenho a apontar é que temos relações sexuais muito poucas vezes, às vezes passam meses. Sempre achamos os dois, que somos a alma gémea um do outro, passamos muito tempo juntos e em suma somos muito felizes.

À cerca de 1 ano e meio, quando mudei de emprego, comecei a encontrar uma mulher na minha rotina diária, tipo de passagem na rua. Ela ficou-me na cabeça, mas nunca nunca passou daí, pois estou numa relação, não vou olhar para outras, né? O tempo foi passando, e continuamos a cruzarmo-nos na rua, até que na semana passada ela me mandou um sms e marcamos um café. Estive a falar com ela, e falei que namorava, etc, etc. Mas houve uma atração muito forte entre nós. Cada um seguiu sua vida, ficando de nos encontrar na rua como sempre.

O meu dilema agora é o seguinte, ela não me sai da cabeça todo dia e estou mesmo sofrendo. Quando estou com a minha namorada, não deixo de pensar nela, estou dormindo e comendo mal. O que se passa comigo? Não vou trair a minha namorada, pois não entra na minha ética de vida, nem estava a ser honesto comigo, com a minha namorada e com a outra moça.

Mas que faço, vou abdicar de um namoro de 5 anos, só por causa de uma atracção que pode dar em nada? De momento estou a deixar passar uns dias para esquecer, mas passa-se o contrário, cada vez mais a dor é maior.

Ninguém me pode ajudar neste assunto, mas espero pelos comentários para decidir se estou a agir errado ou não. Obrigado

Curta e compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS