Sair com alguém pela primeira vez é uma experiência única, e por mais que já tenha saído pela primeira vez várias vezes, uma nunca é igual à outra. A sensação é de nervosismo e expectativa, mas nunca se sabe o que esperar até que esteja lá. Chegando ao encontro, você relaxa e a conversa flui numa boa, até que você fala…“Meu(minha) ex costumava pedir isso o tempo todo”
Falar de ex relacionamentos não é bom e agradável para quem está com você. Afinal, você conhece muito pouco a maneira de ser dele(a) e se ele(a) se sente confortável ouvindo você falar do(a) ex. Caso ele(a) pergunte sobre seu passado, responda francamente e rapidamente. Não seja a pessoa a trazer o assunto a tona. Não demonstre que a presença do(a) ex ainda está viva em você. Isso pode assustar e passar a mensagem de que você não está pronta(o) para um novo relacionamento.

Além de falar de ex, outras frases podem simplesmente estragar um primeiro encontro, por passar mensagens negativas sobre você. Por exemplo: “Quanto você ganha?”. Dinheiro, renda, patrimônio são assuntos delicados e muito pessoais. Muitas pessoas não se sentem à vontade para falar sobre isso. E se para você o assunto “estabilidade financeira” é importante para um próximo passo, tente descobrir através de perguntas sobre a faculdade que fez, como é seu dia-a-dia no trabalho. Cuidado para não queimar seu filme demonstrando interesse no que a pessoa pode te oferecer.

Muitas pessoas, para parecerem tranqüilas, cometem outro erro que é falar sobre outras pessoas presentes. Portanto, esqueça frases do tipo “Nossa, que espetáculo de garçom(garçonete)”. Mesmo que vocês dois tenham percebido que a pessoa se sobressai no ambiente, guarde o comentário para você, ou poderá acabar passando a mensagem errada. Mantenha foco total no(a) seu(sua) parceiro(a).

Outro fator que pode estragar um encontro é centralizar toda a atenção para você. Tente não dominar a conversa por inteiro apenas com suas histórias e opiniões. Ele(a) pode achar que você é egocêntrica(o), e se acha incrível. O importante é ter equilíbrio nas conversas e fazer perguntas sobre ele(a). Mostrar interesse, manter olhos nos olhos, rir das frases bobas é um grande passo.

O encontro foi um sucesso, vocês se divertiram muito, perceberam que tem muito em comum, então para que destruir a noite com um “Na sua casa ou na minha?”? Vocês devem ter conversado bastante e escutado muito sobre o outro. Talvez ela(e) não esteja pronta(o) para falar de sexo. Se o encontro foi legal, deixe isso para o próximo encontro.

Agora, se o encontro foi bom, mas você não tem interesse em sair com ela(e) de novo, não diga “Eu te ligo”. Essa frase é capaz de gerar falsas expectativas e muitas frustrações. Além de gerar dúvidas na cabeça de quem ficou esperando o telefone tocar. Portanto, se não tem certeza sobre um próximo encontro, apenas se despeça e agradeça a noite e a companhia.

Curta e compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS